quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Resenha: iZombie (1ª Temporada)

OLHA EEELA! Sim, genteee estou VIVAAA! (pelo menos estava da ultima vez que chequei O.o) Eu sei que muitos acharam que eu estava morta ou tinha abandonado o blog, mas a única explicação para minha abdução foi: FACULDADE! e toda a parafernália que vem no pacote, como seminários, monografias, aulas, provas, atividades, livros, xérox... just it...

Mas estou ressurgindo dos mortos em grande estilo, com uma resenha super a ver com a minha atual situação :D

izombie-liv-moore-gif
claramente eu, todos os dias!
CÉÉÉÉREBROS! Confesso que não sou a maior fã de zumbis e o único motivo pelo qual comecei a assistir essa série se chama cólica forte no fim de semana, mas não é que eu gostei? :D
Ok, gostar é pouco, achei incrível! 

Em iZombie, Liv Moore leva uma vida pacata como assistente de um médico legista em um necrotério, isolada, sem muitos amigos e com uma fome inassinável por cérebros. O que nem sempre foi assim. Seis meses antes, era focada e residente em um hospital, tinha uma carreira promissora como médica e estava noiva de Major... até um surto zumbi acontecer em uma festa, que não pretendia ir, e acabar se transformando em uma zumbi pálida, loira e faminta.

Ao se transformar em zumbi, Liv foi obrigada a abandonar sua vida e seus planos para isolar-se e proteger sua família e Major. Então, para continuar com suas faculdades normais e a aparência humana, ela se alimenta de cérebros dos corpos que chegam ao necrotério e, ao fazer isso, assume alguns traços de personalidade da pessoa cujo cérebro ingeriu. 

izombie-liv-resenha-netflix

Além de adquirir vícios, manias e habilidades, Liv ainda tem flashbacks (ou memórias) da vida e morte dessas pessoas depois de comer seus cérebros, o que a ajuda em sua nova tarefa de ajudar a polícia a solucionar assassinatos passando-se por médium, após ser impulsionada por Ravi; seu chefe e melhor amigo que conhece seu segredo e passa a estudá-la a fim de encontrar uma cura.

iZombie é baseada em quadrinhos homônimos da Vertigo, DC Comics, porém, pouco tem em comum com a série produzida pelo canal The CWComo eu ainda estou lendo a HQ não posso dizer muita coisa, até porque pouco pode ser dito, já que seguem caminhos distintos, mas posso dizer que a HQ me lembrou muito mais a série Being Human do que iZombie. Na HQ, Gwen Dylan é uma coveira zumbi, amiga de Ellie, o fantasma de uma garota morta 40 anos antes, e Scott, um lobisomem-terrier. Gwen tem que comer um cérebro uma por mês, ou então torna-se um zumbi como em "A Noite dos Mortos Vivos" e, ao comê-los, recebe as memórias da pessoa, o que a faz querer realizar suas últimas vontades, mesmo que implique em buscar justiça quando esta é vítima de um assassinato. 


izombie-hq-img

A série é incrível por vários motivos, mas o principal é Liv. Ela nunca está igual, em cada episódio sua personalidade mescla com a personalidade presente no cérebro que comeu e pela primeira vez posso dizer que não tenho vontade de matar a personagem principal - até porque ela já está morta - pois acabei me apaixonando. Acho que grande parte disso vem da atriz Rose McIver, que se adapta as mudanças constantes e drásticas da personagem e tem um carisma enorme.

Os personagens secundários são bons, mas não se destacam tanto, exceto Ravi, o médico legista amigo de Liv e Lowell - que não direi mais nada sobre ele, senão soltarei spoilers. Ambos são grandes personagens masculinos que se destacam por tudo, menos por sua força. Ravi é inteligente, britânico e tem algo nele que te faria confiar o celular desbloqueado sem medo. Lowell é o Lowell, apenas! (Pois é, eu precisava falar dele de novo <3). Já Major é um personagem de fases que vale ser citado. Nos primeiros episódios ele é legal e faz bem seu papel limitado de ex-noivo perfeito e metido a certinho, mas ao longo da temporada seu personagem é o que mais evolui e em um nível assustador, migrando entre legal e irritante, de um jeito bem bacana.
Blaine, o vilão... bem, não sei o que dizer sobre ele, apenas que ele está lá. Por isso se você já assistiu me diga, porque eu ainda tô bem confusa. 

Outros pontos fortes são o clima nerd de referência aos quadrinhos, principalmente na abertura que, embora tenha diferenças entre a HQ e a série, a aparência e personalidade de Liv se mantém parecida com a de Gwen, assim como a presença do humor negro, porém a série é um pouco mais dramática. Outros pontos legais são as investigações com toque sobrenatural, a história do surgimento dos zumbis e a infestação deles na cidade


izombie-opening-gif

A série já tem 2 temporadas e já foi renovada para sua 3ª. A primeira temporada estreou na Netflix em setembro e tem apenas 13 episódios -choremos! A HQ já está finalizada e tem um total de 28 edições, mas no Brasil foi lançada pela Panini em 4 livros.


NOTA:
E é isso meu povo!
Peço desculpas mais uma vez pela minha abdução, mas foi por motivos de força maior. Creio que agora retomarei a programação normal do blog - can i get an amen up in here? - pois mês que vem ele fará 1 ano. UM ANO DE BLOG, também conhecido como 365 DIAS! Caraca, gentes, dá pra acreditar nisso? \Õ/ \Õ/ \Õ/
Bom, de qualquer forma, já estou de volta :D


Agora é a vez de vocês falarem, já falei demais U_U
Então, já assistiram, se sim, o que acharam? Pretendem assistir? Leram a HQ? Como está a vida ai? Já estão planejando o Natal? Ano Novo? Pavê ou Pacumê? Torta ou Reta?

domingo, 28 de agosto de 2016

5 Filmes de Psicologia para enlouquecer qualquer um!

E ai, gentes, beleza??

Não é miragem, tá mesmo acontecendo! É o segundo post da semana \Õ/ \Õ/ \Õ/


E, para quem não sabe - e até uns 3 anos atrás eu também não sabia - dia 27 de Agosto (também conhecido como hoje) é comemorado o Dia do Psicologo - dia em que a profissão foi regulamentada no Brasil! E eu, como boa estudante de Psicologia e futura Psicóloga, tive que fazer um post sobre isso, certo? :D


*Dois posts na semana... Can i get an amen up in here?*

Certoooo! Então, para comemorar essa data tãão maneira, resgatei a lista de Filmes de Psicologia para enlouquecer qualquer um! (se você ainda não viu, ela tá bem maneira, clica aí :D) que fiz há alguns meses (meses?! É sério isso? Dá p/ acreditar?!)

E aproveitando minha disposição aliada a minha falta de tempo para escrever o post, já que as aulas começaram e eu tô lendo horrores - sério, nunca pensei que reclamaria por estar lendo DDD= fiz a lista em vídeo! :D
Provavelmente agora estarei mais ativa lá no canal (pelo menos de vez em quando...), então se você quer continuar acompanhando as doideras do blog lá nos YouTube's boooora seguir o canal também :D 



Curiosidade: Para me sentir menos doida por falar sozinha enquanto gravo, abro essa foto no pc, para fingir que tem mais gente comigo (aposto que isso me faz parecer mais doida ainda) :D

E é isso gente :D
Agora me diga, como 'tá a vida desse lado? Como foi o retorno as aulas? Já assistiu algum filme da lista? Tem algum filme louco para indicar? (Se tiver, POR FAVOR não deixa de me dizer!) :P

domingo, 21 de agosto de 2016

YouTube: 4 Coisas Bizarras em Stranger Things

Genteeee, EU TÔ VIVAAAA!
Siiim, as aulas chegaram e eu sumi - eu sei, muito feio isso, mas ainda estou me ajustando nessa rotina nova ¬¬'
Mas enfim, vamos ao post :D


Como deu para ver no título, o post é sobre o que todo mundo estava/está/esteve falando, a série Stranger Things. Eu estava beem ansiosa pela estreia da série na Netflix - assim como todo mundo -, e depois, que lançou, até que demorei um pouco para assistir, porque estava maratonando Orange is the New Black, - malz XD - e nesse tempo de demora mais da metade do mundo já tinha visto e eu estava fazendo malabarismos para fugir de spoilers.

Essa sou eu, fugindo dos spoilers XD

E, diferente dos outros posts, esse será em vídeo! \Õ/ \Õ/ \Õ/
Siiiim! Finalmente hoje, depois de alguns meses e dois video maneiros, posso dizer que o canal do YouTube está oficialmente lançado! E nesse "primeiro vídeo" oficial tem uma lista das coisas mais estranhas e bizarras que encontrei - com ajuda da Marina - na série. Sério, o nome da série não é a única coisa estranha - esses trocadilhos horríveis, mds D=
Então, chama a família, os amigos, os bichinhos, os vizinhos, a comunidade toda e vem dar play nessa bagaça :D


A edição super maneira do vídeo foi feita pela Jéssica do blog tvde29 - que indicou fortemente o filme Honeymoon, então anota ai ;)

E é isso! \Õ/ 
Se você gostou e quer continuar acompanhando esta doida que vos fala, é só clicar aqui nesse botão vermelho maneiro e se inscrever :D




domingo, 7 de agosto de 2016

Filmes da Semana#2: Ordem no Tribunal! 3 Filmes clássicos para pensar

E ai gentes, beleza? Mais uma semana passou! Amanhã já començam as aulas e toda aquela loucura de sempre <3 (Se eu estou ansiosa? 'magina :D)
Gente, cês tão percebendo como tá passando rápido A VIDA? Que loucura! =O
Daqui a pouco o blog faz 1 ano, dá p'ra acreditar???

E, como prometido tá aqui o post dos Filmes da Semana! - Antes tarde do que nunca :D
A ideia para o post era "Filmes clássicos para pensar" mas na metade do caminho percebi (minha irmã percebeu XD) que todos os filmes que escolhi eram de tribunal, então resolvi mudar o título e ficou "Ordem no Tribunal! 3 Filmes clássicos para pensar" :D


Todos filmes dessa coluna são tirados na Netflix :D

o-sol-e-para-todos-netflix
O Sol é Para Todos (1962)
Sinopse: Atticus Finch defende um homem negro inocente contra uma acusação de estrupo, mas acaba envolvido em um caso de ódio e preconceito.

O Sol é Para Todos talvez seja o filme mais conhecido da lista. Se você não assistiu, então pelo menos ouviu falar (já que também tem o livro :D). Agora se você não viu e nem ouviu falar, então por favor, PUFAVÔZINHO assista! É muito bom e já está na minha lista de favoritos <3



o-vento-sera-sua-herança-filmes-classicos
O Vento Será Tua Herança (1960)
Sinopse: Dois advogados se preparam para o tribunal neste drama sobre o famoso caso de Scopes, de 1925, no qual um professor foi acusado por seus meios de ensinar o darwinismo.

Esse está no topo da minha lista de Filmes que Indico Para Todo Mundo! Se você e eu estivermos em uma conversa sobre filmes legais, teorias, fanatismo religioso ou tudo isso junto, então com certeza eu vou te indicar O Vento Será Tua Herança - fazer o que? Eu não viveria bem comigo sabendo que não te falei desse filme! :P

testemunha-de-acusação-filmes-classicos
Testemunha de Acusação (1957)
Sinopse: Prestes a se aposentar, um advogado decide defender um homem acusado de assassinar uma viuva rica neste filme baseado em uma peça de Agatha Christie

Testemunha de Acusação é um filme baseado em uma peça da Agatha Christie e isso é tudo o que você precisa saber para assistir esse filme, afinal Agatha Christie é Agatha Christie e isso por si só já é um ótimo motivo :D




Bônus:
12-homens-e-uma-sentença-filmes-classicos
12 Homens e Uma Sentença (1957)
Sinopse: Doze jurados devem decidir se um homem é culpado ou não de um assassinato, sob pena de morte. Onze têm plena certeza que ele é culpado, enquanto um não acredita em sua inocência, mas também não o acha culpado. Decidido a analisar novamente os fatos do caso, o jurado número 8 não deve enfrentar apenas as dificuldades de interpretação dos fatos para achar a inocência do réu, mas também a má vontade e os rancores dos outros jurados, com vontade de irem embora logo para suas casas.

Definitivamente eu devia mudar o nome dessa lista para Filmes que Indico para Todo Mundo, porque assim como O Vento Será Tua Herança, 12 Homens e Uma Sentença está na lista de filmes do coração. Ano passado o Cinemark exibiu este e outros filmes na sessão Clássicos Cinemark - mas eu não pude assistir e fiquei na bad! Ah, este é o único filme que não está mais na Netflix =/


E é isso! Acabou :D
Em teoria todos os filmes essa lista deveriam estar na Netflix, MAS 12 Homens e Uma Sentença é um filme tão bom que não tinha como deixá-lo de fora! Por isso o coloquei como bônus :D
E ai? Já assistiu algum? Gosta de filmes clássicos ou é do time que faz bullying com eles?
Diz ai nos comentários :D

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Des-bullying-nando Séries: How I Met Your Mother - Parte 2

Eita, que essa resenha demorou, hein? :P
Mas finalmente saiu!

Há algumas semanas (ou meses XD) postei a primeira parte da coluna mais supimpa e maneira do blog a "Des-bullying-nando Séries: How I Met Your Mother" (se você não leu, dá um clique ai! É rapidinho e de grátis :D). Terminei How I Met Your Mother há um tempinho, mas fiquei meio perdida com aquele final, então enrolei o máximo que pude até começar a segunda parte da "resenha".
Agora não dá mais para esperar, então vamos lá...

CAMPO MINADO! AVISO, ESTE POST ESTÁ CHEIO DE SPOILERS! A menos que você tenha um Sensory Deprivator 5000, recomendo que pule para o próximo post! 

himym-sensory-deprivator-5000
Você foi avisado @_@

Recapitulando: Quando comecei a assistir How I Met Your Mother não estava botando fé nenhuma. Absolutamente sem expectativa com a série. Estava esperando aquelas comédias pastelão, com risadas de fundo, bordões idiotas e uma cena com todo mundo feliz tomando champanhe no final. Mas foi uma surpresa tããão boa que é impossível deixar de falar dela, por isso dividi a resenha em 2 partesNa anterior eu havia parado na metade da 5ª temporada (exatamente a metade da série), então continuarei desde ponto :D

Desde a 4ª temporada, How I Met Your Mother evoluiu e amadureceu bastante a história de seus personagens, mas só na 5ª temporada isso ficou visível - e foi também uma das temporadas mais engraçadas. Ted agora é professor de Arquitetura em uma faculdade e continua quebrando a cara em suas tentativas de encontrar o amor verdadeiro (Fiona feelings?), Lily e Marshall pensam em começar uma família e Robin e Barney finalmente começaram um relacionamento.

himym-opening-gif

As temporadas 5 e 6 tiveram episódios MUITO engraçados, embora a história principal da 6ª não tenha sido tão legal assim. Para quem não lembra, na 6ª temporada Ted é contratado para fazer o projeto da nova sede do banco GNB (onde Barney e Marshall trabalham), que ocupará o lugar do Arcadian, um decadente prédio histórico. Porém, conhece Zoey, uma manifestante contra a demolição e se apaixona por ela - e essa enrolação leva a temporada toda. 

Quinn aparece como namorada do Barney na Sétima Temporada e devo dizer, isso foi MUITO CHATO. Declaro aqui a sétima temporada como a temporada mais terrível da série. A vontade de cortar os pulsos foi grande, minha relação com essa temporada é a mesma relação do Ted com a Slutty Pumpkin (Abóbora Safadinha - esse nome é fantástico! XD)

himym-barney-gif

Da 7ª até a 9ª temporada foram só tristezas! (Como se minha vida não tivesse o bastante) O clima de despedida já começa na 8ª temporada, já que na 9ª o enredo principal são os 3 dias que precedem o casamento de Barney e Robin e alguns flashbacks. Bate até um aperto no coração... uma bad... E Então, chegamos no final. Arregaçador de corações e destruidor como só ele!

Sobre o final. No post anterior muita gente pediu para eu falar sobre ele. Todo mundo que assistiu fica curioso sobre o que todo mundo acha sobre o final. Até eu fiquei curiosa para saber o que eu achei do final. E foi justamente isso que me fez demorar tanto para terminar essa resenha. Então lá vai:

Eu não sei o que achei do final. Midis curpem, mas sério, não sei! D= 
Mas fiz uma análise abaixo: 

Marshall e Lily tiveram um destino digno. O Sonho Americano: ele juiz, ela diretora de arte, um casamento feliz, três filhos e uma casa no subúrbio. É indiscutível que eles formam o casal mais fofo e cute-cute da história das séries, então eles com certeza merecem um Selo Bem Bolado do Silvio Santos.

selo-bem-bolado-silvio-santos

Barney e Robin se separando foi extremamente triste e sem sentido para mim, já que eles formavam um casal perfeito (sim, eu shippava eles desde a primeira temporada). O destino que Barney levou foi horrível. Ele foi o personagem que mais cresceu durante toda a série e então, do nada, sem mais nem menos toda essa evolução desmorona, volta a estaca zero. Ele volta a ser um ganharão idiota, embora tenha encontrado na filha o amor de sua vida. ¬¬' own, que fofo, mas na boa... Acho que fizeram dele uma versão do Ted 2.0. Revoltada, apenas!

Sobre Ted e Robin juntos: Me desculpem os que shippavam, mas eles não tem nada a ver um com o outro. A Tracy teve que morrer e o Barney voltar a ser um cretino para eles ficarem juntos e isso foi um golpe baixo demais - foi uma coisa bem ao estilo de Nicholas Sparks. MAS ignorando essa parte, eu posso ATÉ entender e tolerá-los como casal, afinal, mesmo não sendo o ideal eles demonstraram sentimentos um pelo outro durante toda a série. (mas nunca aceitarei! U_U)

himym-lily-eyes-gif
Para a pessoa que achou legal matar a Tracy: You're dead to me!

Minha opinião sobre o final em si sempre muda quando penso nele, mas uma coisa é certa: Foi incrível! A forma como foi conduzido, a maturação e prioridades dos personagens ao longo das últimas temporadas, foi tão real e sincero que rendeu num final perfeito. Cada um seguiu seu caminho e como na vida real eles casaram, tiveram filhos, constituíram família e a amizade entre eles mudou com o tempo, assim como eles também mudaram. Houve um distanciamento, mas como amigos eles estiveram juntos nas datas e momentos importantes, embora não soubessem mais quem cada um se tornou, eles sabiam das histórias que viveram e da importância daquela amizade na vida deles. Talvez essa realidade tão fria e amarga tenha incomodado e assustado, por ser difícil aceitar as mudanças, os anos e o distanciamento de amigos. 

himym-mclarens
Tem jeito melhor de terminar esse post do que com essa foto marlinda? ❤

Acabou, gente! E já tô sentindo saudade =/
Agora preciso de uma nova série para Des-bullying-nar e não tenho ideia de qual escolher! :D
Entãããão mia jude! Sim, você mesmo! Você tem alguma série para des-bullying-nar? Uma série que até você fazia bullying e acabou tomando na cara? Aquela série que você falou horrores e agora tem que sofrer calado? Me conta nos comentários pufavôzinho! *---*