sábado, 28 de novembro de 2015

As melhores séries britânicas que o mundo precisa conhecer

Podem arrumar a sala e preparar uma bandeja com chá e biscoitos, porque hoje vai ter lista das melhores séries britânicas e se reclamar faço outra com filmes.
Vamos lá...

Desde pequena eu sou louca pelo Reino Unido, essa paixão começou após conhecer Harry Potter, cresci vendo os filmes e lendo os livros (isso já é história para outro post). Bom, ir para Londres nunca foi possível, então para tampar a vontade de estar lá, passei a assistir e ler tudo quanto foi livro e filme britânicos (e isso inclui a webcam que mostra a London Bridge 24h). Anyway, ainda sonho em um dia morar em Londres e tomar muito chá. 

Séries britânicas não são tão conhecidas, o que é uma pena, já que são muito boas e sempre tem um final chocante e inesperado. As temporadas não são longas, tem em média 12 ou 13 episódios, o que é bom e ruim ao mesmo tempo, pois o roteiro é mais elaborado e conciso, não tem todo aquele lenga lenga de séries americanas, mas por outro lado acaba rápido. Ah, e ao final da temporada a maioria das séries tem um Especial de Natal com duração de 60 a 80 minutos.
Certo, então aqui vai a lista...

Vicious
Quem disse que britânicos não sabem fazer comédia? 



A sitcom mostra a rotina do idoso casal homossexual Freddie, ex-ator, e Stuart, ex-barman, que estão juntos há 50 anos e moram em um apartamento em Londres com o cachorro, Balthazar, recebem frequentemente a visita dos amigos Violet, Penelope e Mason, além de seu novo vizinho, Ash. 
No elenco temos Sir Ian McKellen e Sir Derek Jacobi, como Freddie e Stuart respectivamente, ambos atores são gays assumidos, mas foi super estranho ver Ian McKellen, que já interpretou Gandalf e Magneto, neste personagem. Frances de La Tour, Madame Maxime, em Harry Potter, faz a amiga nonsense Violet, mas a melhor personagem ali, em minha opinião é (o cachorro) a Penelope, interpretada por Marcia Warren, que pouco aparece, mas quando aparece eu morro de rir. 
Por enquanto tem apenas 2ª temporadas com 7 episódios cada uma.

Ok, próxima...

Utopia
Where is Jessica Hyde?


Utopia já não tem nada de comédia, é uma série bem hardcore. Tudo começa quando um grupo de fãs da HQ "The Utopian Experiments" encontra o manuscrito da continuação não publicada da HQ e passa a ser perseguido pela sociedade The Network, formada por membros do governo e grandes empresas, que deseja tomar posse do manuscrito e obter informações secretas contidas na HQ. Não tem como dizer muito sobre a série sem revelar spoilers, mas essa série foi uma surpresa muito agradável, um verdadeiro achado. Foi filmado em Londres, Yorkshire, Liverpool e Glasgow (Escócia). São duas temporadas, com 6 episódios cada.


Sherlock
Com esse nome nem precisa dizer sobre o que se trata, certo?


Baseada nos contos de Sir. Arthur Conan Doyle, a série é rodada em Londres e Cardiff, no País de Gales e faz uma versão de Sherlock Holmes nos dias atuais, usando tecnologia e suas deduções para desvendar crimes. Das versões de Sherlock, essa é a melhor, Benedict Cumberbatch faz um Sherlock fantástico, exatamente como o personagem nos livros, arrogante, orgulhoso e egocêntrico, Bilbo, Martin Freeman está como seu escudeiro, Dr. John Watson. Das séries que coloquei nessa lista essa é a que tem menos episódios, cada temporada tem 3 episódios, porém com duração de 90 minutos em média, até agora foram lançadas 3 temporadas e todas estão no Netflix.


Downton Abbey
Uma série sobre aristocracia inglesa, tem coisa melhor?



A série mais linda da lista, com certeza. Downton Abbey é uma série de época que mostra a vida da aristocracia inglesa ao fim de sua época gloriosa e começo da era moderna, o início de sua decadência. Na propriedade Downton Abbey mora a família Crawley e seus criados, a família é formada por Robert e sua esposa, Cora Crawley, Conde e Condessa de Granham, e suas três filhas Ladys Mary, Edith e Sybil Crawley. No andar abaixo, somos apresentados aos criados que trabalham na mansão, dentre eles temos Sr. Carson, mordomo, Srª. Hughes, governanta,  Thomas, lacaio e valete, Anna, criada líder, Srª. Padmore, cozinheira e sua assistente Daisy. 
A 1ª temporada começa em 1912 com o naufrágio do Titanic, que matou o único herdeiro de Downton, e se estende ao longo dos anos, relatando acontecimentos históricos, como a I Guerra Mundial e a Gripe Espanhola, uma das consequências da guerra, que infectou 1/5 da população mundial. 
O mais bacana dessa série é que vemos exatamente aquele estilo britânico que todos falam, as brigas e discussões acontecem de forma subliminar, muito sutil, ás vezes já aconteceu e você nem se deu conta. Outra coisa bem interessante na série é ver a reação dos personagens com coisas modernas, como telefone, vitrola e eletricidade. 
Dos personagens, o favorito em disparada é Violet Crawley, Condessa de Granham e mãe de Robert, interpretada perfeitamente por Maggie Smith, professora Minerva McGonagall em Harry Potter.
A série teve seu final este ano após 6 temporadas, cada uma com 6 episódios e 1 especial de natal. No Brasil é exibida pela Cultura (na tv aberta) e GNT, está no catalogo da Netflix até a 3ª temporada. 

Doctor Who
Deixei o melhor para o final, não poderia faltar né?



Nesta série acompanhamos as viagens do Doctor (Doutor), o último Senhor do Tempo do extinto planeta Gallifrey, e seus acompanhantes salvando vários mundos através do tempo e espaço, no comando de sua nave-cabine telefônica chamada TARDIS. Somos levados à diversos planetas, épocas, apresentados a grandes personalidades literárias e políticas, como Agatha Christie e Winston Churchill, além de estar presente alguns fatos históricos.
Para dar continuidade a série, o Doctor mudou de face muitas vezes, ao todo foram 13 atores, cada um trazendo ao personagem novas características e trejeitos. Essa mudança acontece sempre que o Doutor está prestes a morrer, o que possibilitou anos de novas histórias e viagens ao personagem.
Apesar da série ter 52 anos e muitas temporadas, 35 no total, alguns dos primeiros episódios da série clássica se perderam ou tem apenas o áudio. Infelizmente não cheguei a assistir nem metade dos episódios antigos, então estou me baseando mais pela nova série (New Who). Dos 4 Doctors, ainda não me decidi qual eu mais gosto, mas cheguei a conclusão de que não gosto nem um pouco do novo Doutor, o 13º interpretado por Peter Capaldi.
A série é rodada em vários locais do Reino Unido, sendo mais comum Cardiff, em Gales, e Londres. 
A New Who está em sua 9ª temporada, cada uma com 12 episódios e um especial de natal, no Brasil é exibida pela Cultura e BBC, também está no catálogo da Netflix (8 temporadas).

Tem outras que eu queria muito colocar, mas o post ficaria quilométrico, então resolvi deixar para a segunda parte do post (sim, vai ter mais). Essas séries que separei são ótimas para conhecer a cultura britânica de fish and chips e chá com biscoitos. Alguém já assistiu alguma? Conhece outra e gostaria que o mundo conhecesse? É só deixar aqui nos comentários. 

Well, that's all folks e bom fim de semana ;)





Um comentário:

  1. OMG esse foi o melhor post que li hj, certamente! Sou apaixonada por DW e por Sherlock, e quem é que não sofre com a quantidade de episódios dessa séries, né? hahaha Aliás, também achei o Sherlock do Benedict mais parecido com o dos livro,s por isso mesmo gostei tanto da série. Mas do resto da lista, as que me interessaram foi Downton Abbey, por ser de época, e Utopia por ser scifi, agora comédia não é mt minha praia não :P Beijos!

    P. S.: Esse favicon da TARDIS é fantástico *-*

    ResponderExcluir