quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Resenha: Série Divergente: Insurgente

Gente, já aviso que essa não será uma resenha muito positiva, então não me matem, por favor.
Desde que li a sinopse do primeiro livro da série Divergente não me interessei muito e nem me atrevi a ler o livro, mas assisti o filme, pois bom ou ruim não levaria mais que algumas horinhas e também, se eu gostasse, leria o livro. Por fim, não me impressionou, mas fiquei curiosa com o que aconteceria a seguir e por isso assisti ao segundo filme.


No final do filme anterior,Tris e Quatro atacam a Erudição e fogem com Caleb e Peter. A sequencia começa bem didática e naquele estilo futurista, um holograma de Jeanine, líder da Erudição, resumindo pontos essenciais da história, ela explica novamente a sociedade, as facções, os divergentes e a ameça que são para o sistema, por se encaixarem em mais de uma facção.

O filme gira em torno da fuga de Tris e a obsessão de Jeanine por uma caixa que contém uma mensagem dos criadores das facções, mas que só pode ser aberta por um divergente e isso faz com que a perseguição aos divergentes seja acelerada. Tris está em um conflito interno, se culpando pela morte dos pais e de Will e isso a deixa explosiva, pronta para atacar o primeiro que pisar em seu calo. Quatro foi um coadjuvante sem importância, estava ali apenas para guiar Tris e recitar algumas falas escolhidas aleatoriamente. Seu romance com Tris também não impressiona. (Não lembra em nada o Mr. Kemal Pamuk que conheci em Downton Abbey, uma pena!)


Muitas cenas de ação acontecem, os efeitos especiais são realmente bons e visualmente bonitos, mas essas cenas são acompanhadas de diálogos pobres e autoexplicativos, como "Fuja", "Corra", "Vamos" e isso quebrou um pouco o efeito que as cenas poderiam ter se não houvesse diálogos tão óbvios.
Nesse filme, e em toda a série (de filmes), não vi uma guerra acontecendo e não vejo Tris como uma líder ou um símbolo. Talvez o filme tenha sido um pouco raso quanto a isso, pois senti algo faltando. Como disse no começo do post, eu não li os livros, então me baseei totalmente no que vi na tela para escrever, acredito que para os fãs e quem leu os livros o filme tenha sido melhor.  (Desculpe minha ignorância)


Ficha Técnica:
Título Original: The Divergent Series: Insurgent
Duração: 119 minutos
Lançamento: 19 de março de 2015
Sinopse: Os riscos para Tris aumentam quando ela sai à procura de aliados e respostas nas ruínas de uma Chicago futurista. Tris e Quatro são agora fugitivos, caçados por Jeanine, a líder da elite Erudição, faminta pelo poder. Correndo contra o tempo, eles precisam descobrir a causa pela qual a família de Tris sacrificou suas vidas e por que os líderes da Erudição farão tudo para impedi-los. Assombrada pelas escolhas do passado, mas desesperada para proteger quem ama, Tris – com Quatro a seu lado – encara um desafio impossível atrás de outro, ao desvendar a verdade sobre o passado e também o futuro de seu mundo.
Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Kate Winslet, Octavia Spencer, Naomi Watts, Ansel Elgort, Miles Teller. 


2 comentários:

  1. Ufa , pensava q só q eu n tinha gostado HAHA
    Dá uma olhadinha no Meu Desabafosdgg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKK Gi, compartilhamos do mesmo mal, só não fala em voz alta, podem apedrejar a gente =X
    Bjooo :**

    ResponderExcluir