quarta-feira, 22 de junho de 2016

[Resenha] Anna Vestida de Sangue - Kendare Blake

Resenha de livro? Sério? 
SIIIIIIIIIIIM! Ao que parece estou mesmo colocando a leitura em dia, começando por Anna Vestida de Sangue, que recebi há alguns dias da Verus Editora, pelo Grupo Editorial Record.

Bom, minhas férias começaram oficialmente segunda e espero que elas sejam extremamente produtivas (tanto no blog quanto fora dele), então porque não começar lendo um livro inteiro em menos de 8 horas, não é mesmo? 

anna-dressed-in-blood-kendare-blake
Anna Vestida de Sangue é um livro de ficção juvenil, escrito por Kendare Blake e lançado este ano pela Verus Editora. O livro tem 249 páginas sangrentas!

Thesseus Cassio Lowood tem 17 anos e está bem longe de ser um adolescente normal. Filho de uma bruxa e um "caçador de fantasmas" - designação que detesta, assim seu nome - nunca teve uma infância comum, passando grande parte dela rodeado de histórias de fantasmas, bruxaria e feitiços, viajando e mudando-se constantemente para diferentes estados e países por conta do "trabalho" do pai que ia aonde o chamasse. 

Aos 7 anos, o pai não voltou de uma de suas caçadas e pouco tempo depois de ser declarado desaparecido, Cas é bombardeado com a notícia de sua morte. Ser caçador de mortos estava no sangue, então, aos 14 anos Cas armou-se com o antigo athame da família herdado de seu pai - arma usada para matar fantasmas - e passou a viajar com a mãe em busca de novos fantasmas e lugares assombrados. 

Agora, aos 17 anos e mais de 20 caçadas de sucesso, Cas está em busca do fantasma de uma garota assassinada nos anos 60, enquanto ia para um baile na escola, sua morte foi tão sangrenta que seu vestido branco tornou-se vermelho

anna-dressed-in-blood-kendare-blake

Anna Vestida de Sangue é uma ficção juvenil bem sangrenta - sério, não é só o nome! - narrado em primeira pessoa por Cas. O livro começa com a caçada ao fantasma de um jovem, morto nos 70, chamado Caronista do Distrito 12, que atacou 20 pessoas e delas, 12 morreram. Achei esse começo muito interessante, realmente me prendeu, mas a partir do capítulo 3 comecei a me irritar com a forma que Cas narrava. É visível e gritante que ele é um adolescente comum, porém sua vontade de ser o diferentão solitário que não liga para nada é incrivelmente irritante e quanto mais ele tentava aparentar "adulto demais para a idade", mais adolescente parecia.  Porém, ao longo do livro isso vai mudando aos poucos, a medida que a história vai se desenrolando a narração e o próprio Cas amadurecem e melhoram. (Isso é um ponto positivo!)

Os personagens secundários auxiliam Cas de todas as formas possíveis, porém não são exatamente bem explorados. Thomas é o típico "garoto esquisito" da escola e bruxo de talentos e habilidades incríveis - que até ele desconhece - e Carmel é a garota popular da escola, que Cas usa para descobrir mais sobre o fantasma de Anna. Apesar de ser uma personagem comum, Carmel é muito mais esperta que Cas e Thomas, porém em algumas passagens sua presença é totalmente dispensável - tanto que até ela sabe disso!

Anna é de longe a personagem mais bem elaborada. Foi morta em 1958 a caminho de um baile na escola, seu assassinato nunca foi investigado e ninguém nunca foi preso pelo crime. A noite de sua morte permanece um mistério. Seu fantasma então, passou a assombrar a casa em que viveu... Pelo menos é o que dizem, pois nunca foi vista por alguém vivo, já que todos que ousaram entrar na casa acabaram mortos e seus corpos desaparecidos! - se eu gosto de lenda urbana? 'magina! :D

anna-dressed-in-blood-kendare-blake

O legal em Anna é sua personalidade dualista, totalmente diferente de um fantasma comum. Os anos em que passou presa na casa, somados ao número de mortes que acumulou a tornaram extremamente poderosa e descontrolada, e isso fascinou Cas desde o primeiro momento, quando descobriu que ela era algo que nunca havia visto, quanto mais matado.

Acho bom frisar que os bruxos desse livro, como a mãe de Cas, Thomas e seu avô Morfran, não são como os bruxos de "Harry Potter", com varinhas, vassouras e poções mágicas. Não! São bruxos ligados às religiões pagãs" como Wicca, Obeah, Santeria e Vodu. Os feitiços e maldições feitos são do modo tradicional com ervas, pedras, cânticos e energia. Bem clean!

Apesar de ser um livro sobre fantasmas, sangrento e cheio de mortes, não chega a ser terror - tenta ser, mas não é. E isso me deixou um pouco chateada, pois tudo no livro remete ao medo; a capa e a sinopse prometem um terror, que infelizmente não encontrei. Porém, a história é linear, muito interessante e te prende a cada nova descoberta.

O desfecho foi o esperado, mas ainda consegui me surpreender um pouco. Kendare é uma ótima autora, tentou e conseguiu fazer uma história diferente e coerenteapesar de um ou outro clichê, mas o que não é clichê hoje em dia, né? - Juntou todos os pontos e nos conduziu para um final com clímax real e muito bom. Não foi o terror que imaginei que seria - minhas expectativas estavam enormes nessa parte - , mas no geral foi um livro muito agradável. 
E tem continuação! \Õ/ \Õ/ 
Mas, obviamente, ainda não foi lançada aqui no Brasil =/ 


NOTA:

anna-dressed-in-blood-kendare-blake
Editora: Verus Editora
Páginas: 249
Publicação: 2016
Sinopse: Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro. Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?
Adicionar ao Skoob - Submarino - Saraiva

'Cabou gente! A maior resenha que já fiz na vida :D
E ai, o que achou? Conhecia o livro? Pretende ler? Como tá a vida? Já está de férias? 
Me contem Posso demorar, um pouco mas sempre respondo ;)

14 comentários:

  1. Esse livro está dividindo opiniões hahaha
    Fiquei com vontade de ler, porque como amo gênero de terror/suspense fiquei curiosa para ver o enredo hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sééério? Poxa, vou procurar ler resenhas do livro
      *sempre evito ler antes de fazer a minha, p/ não ter influencia :P
      Aaah, leia sim é bacana, tô bem ansiosa pela continuação agora :D
      Quando ler, passar aqui p/ me dizer o que achou <3
      Bjoo :**

      Excluir
  2. A capa desse livro me ganhou na hora! Mas achei meio Supernatural quando li a sinopse e desanimei um pouco. Também queria que fosse terrorzão!

    ResponderExcluir
  3. Eu recebi este livro, mas tentei ler e fiquei super entediada. Agora que estou de férias vou tentar ler novamente haha sua resenha trouxe aquela emoção que faltava. Exatamente, na capa promete terror e coisas assim, mas nas resenhas que li diz que não há nada disso. Enfim, adorei a resenha e achei super interessante você colocar a sinopse e capa no final hahaha bem diferente! Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante o seu blog! Confesso que esse tipo de literatura me deixa com arrepios (pelo título e a capa kkkk), acho que seria algo um tanto cansativo, pelo menos para mim. Mas ao todo, ficou tudo ótimo! Beijão!
    www.julianices.com

    ResponderExcluir
  5. Confesso que não curto esse gênero, passo longe de terror, no máximo leio investigação criminal. Sou do tipo medrosa kkkkk. Mas adorei a sua resenha, completa e bem escrita.

    ResponderExcluir
  6. Que resenha e que capa de livro maravilhosaa!!!! Ameeei seu cantinho e sua resenha me deixou super curiosa rsrsrs.. Sucesso


    www.booksemimos.com

    ResponderExcluir
  7. Não é muito meu gênero preferido, mas achei interessante a ideia de se caçar fantasmas e também a história de Anna, acho que pode ser um livro que te prende pela história.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  8. Confesso que terror não me chama muito a atenção, mas a história desse livro parece ser interessante, quero dar uma chance pra ele um dia.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem? Livros assim costumam me deixar com medo e eu não conseguir dormir haha Já filmes são mais tranquilos, acho que consigo assistir e depois esquecer. Acho que é porque os livros exigem que nós mesmos criemos um cenário em nossas mentes, então a história fica mais forte rs Gostei muito da sua resenha. Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
  10. Não é terror pra você né kirida?!! Pra mim ia ser o maior terror, sou muuuuuito medrosa! KKK Mas falando sério... meu olho ficou até arregalado lendo a resenha! Não tenho coragem de ler, mas fiquei TÃO curiosa. A ideia dele é muito legal e eu não tinha visto nada igual ainda. Adorei demais.

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha! Fiquei com vontade de ler o livroooo.
    Obrigada pela dica!
    :)
    http://www.vivendojunto.com.br

    ResponderExcluir
  12. Esse livro está na minha lista para ler, lá no skoob, mas confesso que tenho um medinho haha, mesmo assim parece bem legal.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro acaba de entrar na minha lista!

    ResponderExcluir